Cláudio Lacerda

 

Biografia

Descendente de mineiros, Cláudio sempre esteve ligado à música campesina, elo reforçado no período que realizou sua graduação em zootecnia em Botucatu (SP), região conhecida como um dos berços da música caipira paulista.

O CD de estréia, "Alma Lavada" (2003), contou com a participação de Renato Teixeira e abriu portas para o início de sua carreira. Em 2004, venceu o I Prêmio Nacional de Excelência da Viola Caipira, na categoria de melhor intérprete – iniciativa do Instituto Brasileiro da Viola Caipira –, feito repetido na segunda edição do Prêmio, em 2010 e também na terceira, em 2013.

Seu segundo CD “Alma Caipira” (2007) ganhou elogios dos críticos musicais nos jornais O Estado de S. Paulo (São Paulo), Diário de São Paulo (São Paulo), Estado de Minas (Belo Horizonte), Correio Braziliense (Brasília) e da revista Rolling Stones, entre outros. Em 2010, Lacerda gravou seu terceiro CD, o autoral "Cantador", com participação de Dominguinhos. Em 2011 forma o "Projeto 4 Cantos" com os violeiros Rodrigo Zanc, Luiz Salgado e Wilson Teixeira.

Em 2015 lança seu quarto CD, "Trilha Boiadeira" com arranjos e direção de Neymar Dias. No mesmo ano é selecionado para o "Circuito São Paulo de Cultura", vence o "Prêmio Grão de Música" e é indicado ao "Prêmio Profissionais da Música".

Dividiu o palco e faixas de seus quatro discos com Dominguinhos, Renato Teixeira, Miriam Mirah, Pena Branca, Tinoco, Paulo Simões, Alzira E., Tetê Espíndola, Neymar Dias, Toninho Ferragutti e Paulo Freire. Na TV, participou, entre outros, dos programas de Hebe Camargo (Programam Hebe, SBT), Inezita Barroso (Viola minha viola, TV Cultura/SP), Rolando Boldrin (Sr. Brasil, TV Cultura/SP) e Ana Maria Braga (TV Globo).